AWS Transfer Family amplia opções de configuração para oferecer suporte a um conjunto mais amplo de clientes

A partir de hoje, os clientes do AWS Transfer Family podem ignorar o comando SETSTAT e personalizar a forma como querem processar a retomada de sessões de TLS. Com esses novos recursos, os clientes podem oferecer suporte a um conjunto mais amplo de clientes sem qualquer alteração no lado do cliente.

AWS Transfer Family fornece transferências de arquivos totalmente gerenciadas por SFTP, FTPS e FTP para o Amazon S3 e Amazon EFS. Ao carregar arquivos, os clientes de transferência de arquivos podem emitir o comando SETSTAT para alterar atributos de arquivos remotos. No entanto, o comando SETSTAT não é compatível com sistemas de armazenamento de objetos, o que causa erros quando esses clientes carregam arquivos para o Amazon S3. Com este lançamento, os clientes já podem configurar os servidores do Transfer Family para ignorar o comando SETSTAT. Dessa forma, os arquivos são carregados sem que o SETSTAT cause erros. Os clientes que desejam usar o SETSTAT para preservar o timestamp do arquivo original ou modificar outros atributos de arquivo devem usar o Amazon EFS como armazenamento de back-end no Transfer Family.

Além disso, os clientes que usam servidores FTPS do Transfer Family podem definir se querem processar solicitações de retomada de sessões de TLS. A retomada de sessões de TLS pode ajudar a aumentar a segurança e a performance, permitindo que os clientes reutilizem conexões de TLS negociadas recentemente. No entanto, alguns clientes não oferecem suporte à retomada de sessões de TLS e, portanto, não conseguem estabelecer conexões com servidores FTPS que usam TLS. Agora, os clientes têm a opção de ativar, desativar ou aplicar a retomada de sessões de TLS em servidores FTPS, o que ajuda os clientes a ampliar as opções de compatibilidade de cliente.

O suporte para esses novos recursos está disponível em todas as regiões da AWS onde o AWS Transfer Family está disponível. Para saber mais sobre esses recursos, leia a documentação.

Fonte: Amazon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *